• Janeiro Marrom alerta para a mineração e o crime da Vale em Brumadinho

    O Janeiro Marrom é uma campanha para lembrar o crime da Vale em Brumadinho e alertar sobre a mineração que mata e assombra pessoas, destrói comunidades e ecossistemas, vidas, fauna, flora, nascentes, aquíferos e rios e, de forma implacável, avança sobre territórios inviabilizando outras formas de viver, viola direitos e faz uso das mais diversas estratégias para deixar refém a população. À semelhança do Outubro Rosa e Novembro Azul, que hoje fazem parte do calendário anual de campanhas, se pretende que o Janeiro Marrom ganhe repercussão para também fazer parte. Foi idealizada em parceria com o Movimento pelas Serras e Águas de Minas (MovSAM) em memória das vidas ceifadas no rompimento da barragem de rejeitos da Mina Córrego do Feijão da Vale no dia 25 de janeiro de 2019. O Gabinete de Crise Sociedade Civil é uma das quase 50 organizações e movimentos que participam da campanha. Acompanhe as atividades no site da campanha, Instagram, Twitter e Facebook. Junte-se a nós!

    Voltar Data: 10/01/2020