• Aroldo Oliveira, 254ª vítima do crime da Vale, é identificado

    A Polícia Civil identificou, na última quinta-feira, 14, o corpo de Aroldo Ferreira de Oliveira, 254ª vítima do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho. Aroldo, de 55 anos, era técnico em mecânica e trabalhava há 32 anos na mineradora. A identificação foi feita por meio de exame de DNA. O técnico em mecânica estava na oficina da mineradora quando a Barragem de Córrego do Feijão se rompeu. No dia anterior, Miraceibel Rosa, de 38 anos, funcionário terceirizado da mineradora, foi identificado. O crime aconteceu no dia 25 de janeiro e as buscas continuam por 16 pessoas desaparecidas. Com informações do O Tempo. Foto: CBMG.

    Voltar Data: 21/11/2019